O que é e qual a importância da consultoria financeira pessoal?

O Personal Finance Advice é um serviço de coaching que ajuda as pessoas a: organizar suas economias; escolher as melhores estratégias e tipos de investimentos; mudar hábitos de consumo. Dessa forma, você pode ajustar sua realidade financeira para atingir metas financeiras específicas.
A educação financeira é uma necessidade que recebe pouca atenção e investimento dos brasileiros. Portanto, sempre houve dúvidas sobre a gestão de fundos, ativos, aplicações, etc. É nesse processo que a ajuda de um profissional especializado em assessoria financeira pessoal pode fazer toda a diferença na rentabilidade do seu capital.
curioso? Quer aprender mais? Na verdade, o que é um consultor financeiro pessoal? Quão importante é? Quem realiza esta consulta? Quais são os principais benefícios de ter um consultor financeiro pessoal? Acompanhe essas e outras dúvidas conosco! Boa leitura!

O que é Consultoria Financeira Pessoal?

No nosso dia a dia, é comum termos muitas dúvidas sobre o que fazer com o dinheiro. Dentre essas questões, as mais destacadas são:

  • Como sair da dívida;
  • Como evitar a falência;
  • Qual é a melhor maneira de reivindicar renda extra?
  • De que maneiras ele pode ser salvo;
  • Como passar herança, etc.

É por isso que o aconselhamento financeiro pessoal é tão importante. Em conclusão, um consultor financeiro pessoal oferece uma estratégia personalizada para gerenciar seu dinheiro. Utilizando ferramentas de inteligência e controle financeiro, os profissionais consideram:

  • Introdução;
  • Realidade;

O objetivo do cliente é otimizar sua rentabilidade.
Ou seja, não importa qual seja o seu objetivo, por exemplo: quitar dívidas, comprar um imóvel, trocar de carro, pagar suas contas em dia, aumentar seu patrimônio e muito mais. Saber aconselhamento financeiro pessoal pode ajudar.

Quem realiza aconselhamento financeiro pessoal?

Os serviços de mentoria são realizados por profissionais especializados em educação financeira, também conhecidos como consultores financeiros. Eles são responsáveis ​​pelas partes estratégicas e pedagógicas do processo. Eles organizam a vida financeira de seus clientes e orientam para proteger seus investimentos com base na análise dos seguintes critérios:

  • De uma fonte de renda;
  • Fluxo de custos;
  • Taxas fixas e variáveis;
  • Reserva etc

Por exemplo, muitas pessoas deixam dinheiro em contas de poupança. Mas pode não ser o seu melhor investimento. Um consultor financeiro irá ajudá-lo a obter maiores retornos sobre seu capital sem que você tenha que arriscar grandes somas de dinheiro. Tudo isso é baseado em um plano que inclui seis áreas, a saber:

  • Plano financeiro;
  • Gestão de ativos e investimentos;
  • Plano de aposentadoria;
  • Gerenciamento de riscos;
  • Planejamento Tributário;
  • Planejamento de sucessão.
  • Quais são os principais benefícios de ter um consultor financeiro pessoal?

Agora que você já sabe o que a assessoria financeira pessoal faz, confira a seguir os principais benefícios da contratação desse profissional:

  • Alcançar segurança, confiança e tranquilidade na contratação de profissionais;
  • Definição do plano de ação real;
  • Receber instruções eficazes para atingir as metas financeiras;
  • Uma compreensão financeira detalhada da própria vida;
  • compreensão e análise dos resultados;
  • Capacidade de analisar estratégias financeiras;
  • Conhecimento de autonomia de decisão;
  • alcançar o empoderamento financeiro;
  • Use o dinheiro para desenvolver responsabilidade;

Otimização do tempo para alcançar resultados.
Como funciona a consultoria em finanças pessoais?

O aconselhamento financeiro pessoal é feito por meio de uma interação especializada da realidade financeira do cliente, portanto, o perfil é feito com sabedoria. A análise realizada inclui:

  • Profundidade financeira;
  • Fluxo de caixa;
  • Oportunidades de investimento;
  • Corte de emergência;
  • Taxas extras, etc

Tudo é pensado para entender as reais necessidades e possibilidades que o cliente realmente tem. Para isso, o processo segue os passos abaixo. Segue:

Definição de serviço

Após acompanhar o perfil do cliente, o consultor oferece as melhores opções de atendimento. No caso de contratação, a obra primária ou mais urgente é selecionada com o cliente, tendo em conta as suas necessidades, prioridades e condições.

Coleção de dados

Posteriormente, é realizada uma análise qualitativa e quantitativa dos dados pessoais e financeiros do cliente. Colete extratos bancários, produtos financeiros, dados de identificação, ativos próprios, financiamentos, etc. para obter suporte suficiente para diagnosticar a situação.

Análise de dados

Após o levantamento das informações, o consultor financeiro pessoal pesquisa criteriosamente e traça as estratégias mais adequadas para atingir os objetivos definidos no primeiro cenário. Está estruturado um verdadeiro diagnóstico da vida financeira de um cliente. Dessa forma, também são avaliadas as necessidades de dor e correção.

Estratégia de identificação

Uma vez estabelecido o diagnóstico, é hora de desenvolver a melhor estratégia. Cada caso é um caso, por isso os profissionais contratados devem ser confiáveis ​​e possuir a expertise necessária para fornecer a assessoria mais eficaz para seus objetivos.

Implementação do Plano de Ação

Uma vez proposto um plano de ação, é hora de colocá-lo em prática. Essa etapa é mais sutil porque depende diretamente da produtividade do cliente. Ou seja, ele precisa implementar as recomendações e garantir sua qualidade. Portanto, o monitoramento é necessário durante a fase de implementação.

Monitoramento e Adequação

Uma vez que o plano esteja em vigor, o monitoramento deve ser obrigatório. Ajustes e ajustes, se necessários, devem ser feitos o mais rápido possível para garantir a segurança financeira dos clientes. Além disso, eventos imprevistos e imprevistos podem atrapalhar os planos. Portanto, os consultores financeiros pessoais devem estar atentos a imprevistos como:

  • A chegada da criança;
  • Perder o emprego;
  • Emergências de saúde;
  • Negociações de dívidas, etc.

É por isso que a maioria das empresas de consultoria financeira pessoal recomenda a construção de uma reserva de contingência para que você não tenha dificuldades durante esses tempos imprevistos!

Qual a importância do planejamento financeiro pessoal?

Não adianta fazer um planejamento financeiro no início do ano e abandoná-lo devido à correria do dia a dia. Os planos de ação devem cumprir os compromissos, caso contrário, tempo e investimento serão desperdiçados.
A assessoria financeira pessoal proporciona mais do que as regras deste processo administrativo, mas também um acompanhamento cuidadoso e acompanhamento das várias fases. para garantir o alcance de objetivos maiores.
O planejamento deve ser uma atividade vitalícia, não uma fase dela. Portanto, a responsabilidade do cliente é essencial. Essa é a única forma de garantir bons resultados e garantir que as práticas empregadas sejam as mais eficazes!

Fontes: plusdin.com.br