Como ser aprovado no cartão de crédito? 11 hábitos e dicas, saiba mais

Quer saber tudo sobre como obter aprovação para um cartão de crédito? É verdade que todo banco ou fintech tem suas próprias regras, mas uma coisa em comum se aplica a todos eles: seus hábitos financeiros.
Isso mesmo: como você lida com seu dinheiro, como você o usa e como você paga sua dívida ajuda muito na hora de solicitar um cartão e ser aprovado.
Neste artigo, discutiremos tudo o que você precisa saber para obter o cartão de crédito que deseja, desde a inscrição até a análise do seu comportamento financeiro.
Como ser aprovado para um cartão de crédito?
Possuir um cartão de crédito não é tão complicado quanto antigamente, quando os bancos tinham uma lista de burocracias e exigências que dificultavam a vida de quem solicitava um cartão de crédito.
Não é mais um luxo dos ricos – os brasileiros sabem disso como todo mundo. Afinal, o país tem um dos sistemas financeiros mais móveis usando cartões de crédito (mais de 130 milhões aqui).
Grande parte desse avanço se deve ao surgimento de bancos digitais, menos burocráticos, ágeis e seguros. Mesmo assim, existem maneiras de obter o seu cartão.
Não basta apenas encontrar uma empresa de cartão de crédito ou banco, solicitá-lo e esperar que ele chegue pelo correio.
Sim, é necessário cumprir alguns requisitos.
Abaixo listaremos os principais e mostraremos como funcionam as instituições financeiras na hora de aprovar um cartão de crédito e o que você precisa fazer para obtê-lo.

1. Escolha o seu cartão preferido

O mercado brasileiro de cartões de crédito é bastante movimentado, com ofertas de diversas instituições e bandeiras, além do uso nacional e internacional.
Escolha um cartão com base no seu perfil e nos benefícios que ele oferece. Escolher um cartão virtual para fazer compras online é quase um pré-requisito obrigatório.
Você sabia que o cartão de crédito Neon não tem anuidade, tem cartão virtual, cartão de débito automático, dinheiro de volta em compras com cartão de débito e muito mais? peça agora!

2. Faça um pedido

Os pedidos de cartão de crédito estão sujeitos às regras da entidade emissora do cartão. Se for um banco (ou mesmo um digital), talvez seja necessário abrir uma conta primeiro.
Siga todos os passos necessários e depois solicite o cartão da forma desejada.
Por exemplo, na Neon, você precisa abrir e ativar sua conta para solicitar um cartão de crédito.

3. Envie informações

Este é um passo importante porque as informações e os documentos que você enviar determinarão se você receberá a aprovação do seu cartão.
Isso nos leva ao próximo passo.

4. Faça uma análise de crédito

A análise de crédito é o processo de determinar a capacidade de um solicitante de não pagar contas e dívidas de cartão.
Isso é decisivo porque o cartão pode ser rejeitado se o cliente for um mau pagador ou não tiver informações suficientes para analisar.

5. Tire boas notas

Finalmente, vamos olhar para as pontuações de crédito. Essa é uma pontuação utilizada pelos mercados financeiros para classificar o risco de inadimplência dos cidadãos, em uma escala de 0 a 1.000.
Quanto menor, maior o risco de o consumidor não pagar suas contas em dia e vice-versa.
Dito isso, você pode estar se perguntando: existe uma maneira de ser aprovado para cartões de crédito com baixa pontuação? É o que veremos a seguir.
Qual é a pontuação mínima do cartão de crédito?
Se você tem uma má reputação ou problemas financeiros que reduziram sua boa classificação de crédito, mantenha a calma. Existem cartões no mercado que são fáceis de serem aprovados, mesmo para aqueles com pontuação de crédito negativa.

11 hábitos e dicas para obter a aprovação do cartão de crédito

Como avisamos no início do texto, se você tem maus hábitos financeiros, seu cartão de crédito não será aprovado.
Então, para ter quantas cartas quiser, comece a mudar sua relação com o dinheiro.
Aqui estão 11 dicas para ajudá-lo.

1. Seja um bom pagador

Pague suas contas (todas) em dia, tanto quanto possível.
Qualquer dívida em atraso, mesmo uma conta de internet ou telefone, pode adicionar efeitos negativos ao seu histórico de pagadores. E, como vimos, prejudica sua pontuação e análise de crédito.

2. Mantenha o nome limpo

Se você pagar tudo em dia, não tem como manchar seu nome, certo? No entanto, não basta pagar as contas mais básicas e esquecer ou ignorar aquela parte do folheto da loja.
Qualquer dívida pendente pode resultar em rejeição por uma agência de proteção ao crédito como a Serasa.
Aqueles com má reputação não foram aprovados para um cartão de crédito ou acabaram recebendo um com um limite muito baixo disponível.

3. Renegocie sua dívida

Veículos, imóveis ou qualquer outro tipo de financiamento podem reduzir significativamente sua capacidade financeira.
E, em tempos de crise, fazer parcelas em dia pode ser difícil. Nesses casos, a pior coisa que você pode fazer é ignorar a dívida e deixar para liquidar depois.
É do interesse do banco garantir que a dívida seja renegociada para caber no seu bolso e que você continue pagando em dia. Além disso, se você fizer isso, continuará sendo um bom pagador.
Aproveite e confira nosso guia com dicas sobre como negociar dívidas.

4. Registre-se no Registro Ativo

O Registro Positivo é o oposto de nomes sujos.
É assim que empresas como Serasa e SPC Boa Vista estão anunciando ao mercado que os consumidores são bons pagadores.
Quando você se cadastra, seu nome aparece na lista de bons pagadores (se você for um deles, claro), o que ajuda na etapa de aprovação do cartão além de aumentar sua pontuação.

5. Verifique suas pontuações regularmente

Consultar sua pontuação e dúvidas pendentes sobre seu CPF é outra boa prática financeira. Isso porque seu nome pode ser negativo, ou sua pontuação foi reduzida sem você perceber.
Na agitação do dia a dia, ninguém pode simplesmente esquecer de pagar suas contas à vontade. Mas pior do que ser penalizado é perder uma oportunidade (como pegar um cartão) porque você não pegou a tempo de consertar.

6. Não gaste mais do que ganha

Quando você gasta mais do que seu salário pode cobrir e promete parcelas infinitas, está enviando a mensagem errada ao mercado. Então você diz que não é responsável pelo dinheiro.
Por que um banco aprovaria um cartão de crédito para alguém assim? Portanto, seja responsável e disciplinado sobre seus gastos.

7. Anote tudo o que você gasta

Para manter as despesas sob controle, é um bom hábito escrever tudo na ponta da caneta. Como resultado, não apenas seu salário estará rendendo mais, mas você estará se aproximando de suas metas financeiras, incluindo a aprovação dos cartões de crédito que deseja.
Precisa de uma ajuda extra? Temos uma tabela de preços pronta. Todas as fórmulas estão prontas, basta inserir seus valores.

8. Pague em dinheiro sempre que possível

Aqui estão dicas básicas para sua vida financeira.
Os pagamentos em dinheiro são um sinal de responsabilidade, de quem se preocupa com o futuro e não quer se endividar.
Isso pode nem sempre ser possível, mas tente fazer isso acontecer. Consumidores parcelados questionam sua capacidade de pagamento.
Também porque, no caso de algum imprevisto, algumas contas expiram, o que não é algo que os emissores de cartão de crédito gostem.

9. Faça conexões

Claramente, os emissores de cartões priorizarão aqueles que já são clientes e devidamente contatados.
Então, se você quer um cartão, abra uma conta, faça uma conexão e comprove que escolheu aquela empresa.

10. Respeite seus dados pessoais

Ao avaliar suas finanças, peça um cartão que corresponda à sua renda e comportamento financeiro.
Não adianta pedir um cartão com uma série de benefícios que você nem planeja usar e depois acabar pagando uma anuidade mais cara.
No entanto, é importante lembrar que não há anuidade no cartão de crédito Neon, então você pode ter um cartão que funciona sem pagar nada a mais do que gasta.

11. Uso inteligente de cartões

Se você já possui um cartão de crédito, use-o com moderação: compre o que realmente precisa, não atrase o pagamento e, o mais importante, pague o valor total da fatura.
Os bancos estão sempre à procura de clientes que cumpram as suas promessas.
Veja dicas para controlar a fatura do seu cartão de crédito.
Se você usar seu cartão de crédito de maneira errada, aumenta a probabilidade de sua solicitação não ser aprovada ao solicitar um novo cartão de crédito, mesmo que seja de um emissor diferente.
Hoje, bancos e instituições financeiras têm acesso a todas as informações necessárias para o processo de análise de crédito, e o importante é que, como vimos neste artigo, você não pode obter a aprovação de um cartão de crédito se não tem um. Boa relação com o dinheiro.