5 erros que todo MEI deve evitar, saiba mais

Desde que você se enquadre nessa categoria de empreendedores, tornar-se um microempreendedor individual MEI é uma forma simplificada de abrir uma empresa. Mesmo com impostos mais baixos e a burocracia envolvida na criação e manutenção de um negócio, isso não significa que exija menos esforço.
Na verdade, todos os problemas que existem nas grandes empresas seguem o MEI, ainda que em menor escala. Por isso, vale a pena focar nos 5 principais erros que todo MEI deve evitar. Eles estão listados abaixo e você pode aprender mais sobre eles mais tarde.
sem planejamento estratégico
Sem separação de finanças pessoais e empresariais
Não consigo acompanhar as mudanças legais
Não investir em marketing digital
Não invista em tecnologia
Acompanhe os tópicos abaixo e saiba como interpretar cada um desses erros!

1. Não ter um plano estratégico

Engana-se quem pensa que ser um microempreendedor individual não precisa ter um plano estratégico para o seu negócio. Mesmo as pessoas que se enquadram nessa categoria precisam seguir uma receita de sucesso se quiserem vender bem seu produto ou serviço. Isso significa conhecer muito bem o seu público-alvo e criar formas de atraí-lo e conquistá-lo.
Por isso, é preciso definir as práticas de marketing, entender onde e como oferecer seus produtos, entender o mercado, os concorrentes diretos e indiretos e entender quando você precisa ajustar seus produtos. Tudo isso requer pesquisar e rastrear seu nicho.

2. Não separe as finanças pessoais das da empresa

Esse é um erro que até grandes empreendedores cometem, mas com o MEI as chances são ainda maiores. Mesmo que você tenha um pequeno negócio, não pode tratar suas finanças pessoais e o dinheiro da empresa como um só. Dessa forma, é necessário utilizar recursos empresariais exclusivamente para a empresa, mantendo os controles financeiros consistentes.
Uma forma de conseguir essa separação é atribuir a você um salário ou mão de obra de apoio, o restante deve ser investido no negócio, melhorias e crescimento, ou até mesmo guardado para uso posterior. Se você não fizer isso, você pode acabar defraudando seu negócio gastando mais dinheiro para uso pessoal.
Clique no banner abaixo para conhecer o Flua, que otimizará os processos da sua empresa!

3. Não acompanhar as mudanças legais

Embora a tributação e a burocracia envolvidas na criação e manutenção de um negócio classificado como MEI sejam simplificadas, é importante entender que mesmo essa classe empresarial está sujeita a mudanças fiscais por iniciativa do governo. Devido à complexidade do pagamento de impostos no Brasil e às constantes mudanças nas regras, pode ser necessário contratar um contador. Esse profissional pode te ajudar a manter suas contas fiscais em dia.

4. Não investir em marketing digital

Além de alguns nichos de mercado muito específicos, até as empresas físicas devem apostar no marketing digital nos dias de hoje. Mesmo quem não tem loja virtual pode contar com um site onde os potenciais consumidores do seu negócio podem obter informações sobre seus produtos ou serviços.
Além de um site, existem muitas maneiras de construir uma presença online, como redes sociais, e-mail marketing, blogs e muito mais. Para entender as melhores opções para sua empresa, nada é mais importante do que conhecer seu público-alvo para definir os canais mais eficazes para alcançá-los.

5. Não investir em tecnologia

Outro investimento que muitos microempreendedores individuais podem achar que seu negócio não precisa é uma ferramenta de gestão de tecnologia porque eles têm um pequeno negócio. Hoje, é impossível imaginar uma empresa que não utilize computadores e informatização de dados.
No entanto, alguns recursos avançados tornam esse trabalho mais eficiente, como os sistemas ERP online, que são softwares de gestão empresarial utilizados para interligar departamentos corporativos. Dessa forma, além de armazenar as informações em um banco de dados, é possível realizar as tarefas do dia a dia de forma mais simples e rápida.
O GestãoClick é um software de gestão financeira que, além das vantagens acima, pode ser acessado remotamente de qualquer lugar a qualquer hora do dia. Isso significa que você pode acessar dados, realizar atividades e obter relatórios para ajudá-lo a tomar decisões mesmo quando não estiver na empresa.

Fontes: www.flua.com.br